Cresce rejeição de Bolsonaro por mulheres, diz pesquisa

A rejeição das mulheres ao nome de Jair Bolsonaro (PSL) cresceu nove pontos percentuais desde junho, de 34% para 43%, segundo pesquisa Datafolha, o que leva o candidato ao topo dos que não seriam votados "de jeito nenhum" pelo eleitorado feminino. As mulheres representam 52% dos eleitores brasileiros.


O candidato do PSL é o que tem a maior disparidade entre o voto de homens e mulheres.

O Datafolha ouviu 8.433 pessoas em 313 municípios, de 20 a 21 de agosto. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR 04023/2018.

Mais lidas da semana 🔥

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Animação usa técnica única para contar a história de Van Gogh

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Bronquiolite: 10 perguntas e respostas sobre a doença

Emmanuel Macron está de olho em Marina Silva pela 2ª vez

Crianças autistas têm melhora após transplante de medula óssea

Os dez figurinos mais caros da história do cinema

Leandro Hassum faz montagem com pai morto – com quem não tem foto

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Mulher "viciada" em silicone e bronzeamento artificial fica irreconhecível