Terror sobre racismo, 'Corra!' virou fenômeno mundial com história arrebatadora

Estamos vivendo um difícil momento político e social, com a ampliação de discursos machistas, racistas e xenofóbicos, mas também vemos crescer – ainda bem – o número de pessoas determinadas a lutar contra esses males, das mais variadas formas. A indústria do entretenimento está de olho em tudo que rola e muitos produtores de conteúdo aproveitam a oportunidade para criar materiais que consigam chamar a atenção do público e provocar reflexões.


Estreitou nesta última quinta-feira (18) o filme ''Corra!'', um dos maiores fenômenos recentes das telonas e das redes sociais, por sua alta repercussão. Produzido com apenas US$ 4,5 milhões (algo em torno de R$ 14 milhões, valor considerado extremamente baixo para produções de Hollywood), o terror já arrecadou incríveis US$ 215 milhões (R$ 674 milhões), isso sem ter estreado em diversos mercados importantes. Além disso, o longa tem aprovação impressionante de 99% dos especialistas de cinema no Rotten Tomatoes, site especializado em reunir críticas do mundo.

''Corra!'' é um grande filme por inúmeros motivos e tem como ponto central de sua história, o racismo. Na trama, o fotógrafo Chris (Daniel Kaluuya) é um rapaz negro que namora com Rose (Allison Williams), uma moça branca. Ela decide apresentar o namorado para sua família, mas Chris fica inseguro, com medo de sofrer algum preconceito ou causar algum constrangimento pelo simples fato de ser negro. Ao chegar na casa dos sogros, ele se depara com coisas estranhas, como o comportamento incomum dos empregados da casa, todos negros. A partir daí, tudo se desenrola de maneira surpreendente.
O que virá a seguir?

O racismo é assustador e mata. Todos os dias, milhares de pessoas sofrem apenas por conta da cor de suas peles, o que é um absurdo sem tamanho, um crime. ''Corra!'' traz uma mistura entre essa dura realidade e acrescenta toques criativos de ficção para mexer com a mente do espectador.

Jordan Peele, mais conhecido por seu trabalho como comediante, faz sua estreia nos cinemas e aposta em uma sequência de cenas que incomodam, guiadas por uma tensão que não para de crescer.

A direção de Jordan constrói degrau por degrau todo esse clima de incerteza pelo que está por vir, já que você desconfia a todo o instante que algo ruim vai acontecer. Esse ''pé atrás'' é a deixa para ficarmos coladinhos na cadeira, cheios de nervosismo.


Toques de comédia

Por suas origens, Peele acerta a mão nas partes engraçadas do longa. Pode acreditar, o cara consegue desenvolver humor no meio de todo esse tema pesado. Talento para equilibrar tudo.

O inventivo roteiro guarda espaço para piadas ácidas e precisas, tanto por cutucar ainda mais a ferida dos racistas quanto por ser colocada em momentos perfeitos da narrativa. Muita da graça está no personagem Rod, interpretado por LilRel Howery. O melhor amigo de Chris é hilário e garante algumas das melhores cenas de ''Corra!'', tornando a experiência uma variação de sensações para quem vê.

Outros personagens são responsáveis por boas partes cômicas, mas de maneira menos explícita, como a bizarra empregada Georgina, interpretada pela excelente Betty Gabriel.

Daniel Kaluuya

Rosto mais conhecido por sua participação na série ''Black Mirror'' e no filme indicado ao Oscar ''Sicario: Terra de Ninguém'', Daniel Kaluuya é um protagonista extraordinário. O ator consegue transmitir o turbilhão de sentimentos pelo qual Chris passa de maneira a emocionar. Sem spoilers, há uma cena que chega a arrepiar, na qual Chris está perplexo e vemos lágrimas escorrendo em seu rosto. Um trabalho encantador de Daniel, que já está confirmado em projetos de proporções enormes, como ''Pantera Negra'', da Marvel Comics. Reconhecimento merecido.

Allison Williams

Quem também se destaca é Allison Williams, que faz a namorada de Chris. A atriz explora cada aspecto de sua personagem, rendendo cenas de cair o queixo. Realmente impressionante.

Que família!

Catherine Keener, Bradley Whitford e Caleb Landry Jones, respectivamente os pais e o irmão de Rose, apresentam atuações à altura dos protagonistas. Todos mandam bem.

Trilha que contagia

A trilha sonora, sempre tão essencial nos filmes de terror, é um deleite. E ela foi feita de um jeito inusitado.
Jordan Peele encontrou pelo YouTube o compositor Michael Abels, que é coordenador de uma escola de música. O diretor adorou o trabalho de Abels e decidiu ligar para ele. Esta foi a primeira trilha feita por Abels para um filme. E assim como podemos dizer de Jordan: que estreia! Destaque para a hipnotizante música ''Sikiliza Kwa Wahenga'', que abre a projeção já deixando uma atmosfera de arrepiar.

Fazendo história


''Corra!'' é um dos lançamentos mais instigantes e brilhantes dos últimos anos, se destacando por seu tema original e suas apostas audaciosas. Perturbador, o filme traz um terror psicológico único e roteiro provocativo. É mesmo uma daquelas produções que entram para a história do cinema e se tornam referência.


Assista abaixo o trailer oficial (legendado) de Corra!:




Confira também: Tom Hardy fará vilão de 'Homem-Aranha' nos cinemas

Mais lidas da semana 🔥

Emmanuel Macron está de olho em Marina Silva pela 2ª vez

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Saiba quem é sua alma gêmea de acordo com o seu signo

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Estudante é punido pela escola após raspar cabeça para ação de caridade

Brian May diz que Freddie Mercury perdeu parte do pé

Com gravidez de risco, Eliana se afasta da TV: 'Dúvidas e medo'

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

A cena de estupro de ''O Último Tango em Paris'' foi mesmo estupro

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia