Princesa japonesa decide se tornar plebeia para casar por amor

Nem todos conseguem ficar com amor e realeza quando se casam, como acontece com William e Kate, no Reino Unido. No Japão, as regras são diferentes, e a Princesa Mako decidiu abrir mão do título de nobreza ao anunciar seu noivado com um plebeu, seu namorado desde os tempos de faculdade.


Mako estudou na Universidade Internacional Cristã, em Tóquio, onde conheceu e começou a namorar seu noivo, Kei Komuro. Ela é historiadora e ele, advogado. Durante o namoro, ela fez mestrado na Universidade de Leicester, e nem a distância momentânea abalou o amor dos dois. Hoje, ela trabalha como pesquisadora em um museu.
Assim que eles se casarem, o título de princesa de Mako será retirado. E ela também se tornará plebeia.

A data do casamento ainda não foi marcada. Em casos como este, de casamento de nobre com plebeu (poderia ser de nobre com plebeia também, a regra vale para homens e mulheres), primeiro é feito um anúncio oficial do noivado (eles já fizeram), depois é marcada a data e, antes da cerimônia, o casal tem que se apresentar ao imperador e à imperatriz do Japão, para formalizar a renúncia ao título de nobreza.


Mako nunca poderia chegar ao trono do Japão, porque lá só os homens fazem parte da linha de sucessão. Atualmente, o imperador é Akihito, de 83 anos. Nahurito, seu filho de 57 anos, assume o trono em seguida. Caso algo aconteça, o próximo na fila é Fuhimito, de 51 anos. Embora Mako seja a primogênita de Fuhimito e haja uma irmã do meio, Kako, quem tem vez para ocupar o trono em seguida é o caçula da família, Hisatito, hoje com 10 anos de idade.

Mais lidas da semana 🔥

Maioria entre indecisos, mulheres devem definir eleição presidencial

Deivison Kellrs, da banda Torpedo, morre de câncer aos 30 anos

Julgamento das Bruxas de Salem: 7 fatos para entender o acontecimento

Aretha Franklin, ''rainha do soul'', morre aos 76 anos

4 livros para tratar temas difíceis com seus filhos

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

'Sobrevivi a quatro sentenças de morte'

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix