Morador de rua que ajudou vítimas de Manchester ganha casa

O morador de rua Stephen Jones, que virou herói em Manchester após auxiliar vítimas do atentado terrorista, na segunda-feira (22), recebeu uma oferta de moradia como agradecimento por sua boa ação. Ele dormia do lado de fora da arena onde acontecia o show da cantora Ariana Grande e ajudou adultos e crianças gravemente feridos, até a chegada dos serviços de emergência.


Após a história de Jones tomar a imprensa inglesa, o filho de David Sullivan, um dos donos do time de futebol West Ham, pediu no Twitter que o ajudassem a encontrar o 'herói'. ''Eu e meu pai queremos alugar uma casa para o morador de rua em Manchester por seis meses para ajudá-lo a se estabilizar'', escreveu Dave Sullivan Jr. ''Se alguém puder nos ajudar a contatá-lo, será muito apreciado. Tal ato altruísta necessita de recompensa'', completou.



Com ajuda da internet, Dave e o pai encontraram Jones e já estão em contato para que possa ir para a sua nova moradia. Além disso, o morador de rua receberá 29.500 libras (cerca de 125.000 reais), arrecadados através de uma campanha na internet. ''Esta é a minha chance. Fiz algumas coisas erradas, estive na prisão, fui usuário de drogas, mas agora quero voltar ao trabalho e acertar a minha vida'', disse Jones à emissora ITV. ''Não havia necessidade de doações. Apenas as palavras bondosas e o reconhecimento seriam suficientes para mim'', completou.

Segundo Jones, muitas das vítimas haviam sido atingidas por pregos e ele chegou a segurar a perna de uma mulher que sangrava muito, enquanto aguardava uma ambulância. ''Eram crianças, muitas crianças com sangue por toda parte, chorando e gritando. Se eu não ajudasse, não seria capaz de viver comigo mesmo'', disse à rede CNN.


As boas ações do homem também contribuíram para o debate sobre o atual crescimento no número de sem-teto em Manchester. O recém-eleito prefeito da cidade, Andy Burnham, se comprometeu a doar 15% de seu salário para uma associação de caridade para moradores de rua.


Mais lidas da semana 🔥

Maioria entre indecisos, mulheres devem definir eleição presidencial

Deivison Kellrs, da banda Torpedo, morre de câncer aos 30 anos

Julgamento das Bruxas de Salem: 7 fatos para entender o acontecimento

Aretha Franklin, ''rainha do soul'', morre aos 76 anos

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

4 livros para tratar temas difíceis com seus filhos

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Marina Silva é a 1ª presidenciável a usar blockchain em financiamento de campanha

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras