Escola de música na Paraíba resgata infância de crianças carentes

Lauricea Texeira Rodrigues, 43 anos, acolhe a equipe de reportagem sorridente diante do portão azul de sua casa, na comunidade de Mandacaru, periferia norte de João Pessoa. De longe já é possível reconhecer a casa pelo som das trombetas e tambores que vêm da garagem. Chegando ao andar de cima, as crianças estão concentradas ao afinar os instrumentos, mergulhadas em um silêncio religioso.


A pessoense fundou, na pequena garagem de sua casa, a escola de música Uma Nota Musical que Salva em agosto de 2011 – projeto social que vingou na terceira comunidade mais violenta de toda região nordeste do Brasil. ''Começamos com mais ou menos vinte alunos'', conta, com o sorriso estampado no rosto, enquanto observa as crianças que se preparam para a aula.

Essa é a primeira e única escola de música gratuita de toda cidade. São quatro professores e cerca de 30 alunos fixos, entre 4 e 17 anos, que dependem de voluntariado e doações para que as lições tenham continuidade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também apoia a causa: doou instrumentos musicais e ''emprestou'' alguns de seus músicos para ensinar os pequenos de Mandacaru.


''Quanto mais crianças tiramos das ruas ensinando música, mais crianças tiramos das mãos do tráfico de drogas. Eu não podia mais assistir aos filhos de Mandacaru morrendo todos os dias vítimas da violência'', diz Lauricea, enquanto o sargento Edilson Alves, um dos policiais municipais que ensinam na escola, chama os últimos que chegaram para a aula. ''Mandacaru agora também é mais seguro graças a esta escola'', finaliza.

Mais lidas da semana 🔥

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Mulher morre após carro explodir em posto de gasolina no Rio

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Descobrimos a origem das imagens da moça que entra no bueiro

Noiva com alopecia emociona convidados com sua confiança

Escolas iniciam 'caça à baleia azul'; fique atento aos sinais

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem