Aécio Neves tentou barrar Lava Jato, mostra gravação de Joesley Batista

Alvo de um pedido de prisão negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece em uma das gravações feitas pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS S.A. e delator premiado, dizendo ''trabalhar igual um louco'' em tentativas de anistiar o caixa dois no Congresso e fala de estratégias para obstruir a Operação Lava Jato no Ministério da Justiça. O conteúdo do diálogo foi antecipado pelo site BuzzFeed nesta quinta-feira (18).


Em outra gravação feita por Joesley, revelada ontem pelo jornal O Globo, Aécio pede 2 milhões de reais ao empresário sob a justificativa de custear sua defesa na Lava Jato. Nesta quinta-feira, Andréa Neves e Frederico Pacheco de Medeiros, irmã e primo de Aécio, também citados na delação da JBS, foram presos pela Polícia Federal (PF). O senador se licenciou da presidência do PSDB.


Veja abaixo o diálogo entre Aécio Neves e Joesley Batista sobre caixa dois e obstrução da Lava Jato:


Mais lidas da semana 🔥

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Conheça os 5 melhores cartões de crédito sem anuidade do Brasil

Emmanuel Macron está de olho em Marina Silva pela 2ª vez

Brian May diz que Freddie Mercury perdeu parte do pé

Estudante é punido pela escola após raspar cabeça para ação de caridade

A cena de estupro de ''O Último Tango em Paris'' foi mesmo estupro

''Eu sou a pedra no sapato do Bruno'', diz mãe de Eliza Samúdio

Para RuPaul, principal lição de reality de drags é fazê-las aprenderem a se amar

Dia do professor: entenda as vantagens de ser um

O que significa Curriculum Vitae?