Taiwan aprova emenda que proíbe consumo de carne de cães e gatos


O Legislativo de Taiwan aprovou uma emenda que proíbe o abate de cães e gatos para consumo humano.

A medida, votada, ainda precisa de sanção presidencial para entrar em vigor. Com isso, Taiwan se tornará a primeira nação asiática a vetar oficialmente a venda e o consumo dessas carnes.

No poder há quase um ano, a presidente Tsai Ing-Wen é defensora dos animais e, durante a campanha, prometeu medidas de proteção.

Leis contra crueldade animal ganharam destaque nos últimos anos, com o aumento de animais de estimação. Dados do governo mostram que o número de cães e gatos nas famílias saltou de 1,6 milhão em 2003 para 2,2 milhões em 2015.

Ao caminhar por ruas de Taiwan é comum ver pessoas carregando seus pets no colo ou, muitos deles, em carrinhos – aqueles parecidos com os de bebês.


A emenda à Lei de Proteção Animal aprovada pelo Legislativo prevê multa de NT$ 50.000 a NT$ 250.000 (cerca de R$ 5.000 a R$ 25.000), além de publicação de nomes e fotos dos infratores.

No caso de animais vítimas de crueldade – que resulte em membros quebrados ou morte –, a punição é de multa entre NT$ 200.000 e NT$ 2 milhões (cerca de R$ 20 mil a R$ 206 mil). Os reincidentes podem ser presos por até cinco anos.

Ainda segundo dados do governo, Kaohsiung, no sul da ilha, foi a primeira cidade a proibir o consumo de carne de cão e de gato, em 2015.

A Lei de Proteção Animal foi promulgada em 1998 e, inicialmente, punia maus-tratos com pena de prisão de até um ano, e multa de até NT$ 1 milhão (cerca de R$ 100 mil).

Consumo

Consumir carne de cachorro é uma tradição em algumas localidades asiáticas.

Na China, por exemplo, o Festival Yulin é alvo de protestos anuais.

No ano passado, manifestantes exibiram cartazes com que diziam 'eu não sou seu jantar' e apresentaram uma petição com 11 milhões de assinaturas pedindo o fim do evento.

A estimativa é de que mais de 10 mil cachorros sejam servidos a cada ano na celebração, segundo reportagem publicada pelo jornal ''The New York Times''.


Mais lidas da semana 🔥

'Adoraria ouvir conselhos dela', diz Príncipe William sobre a mãe

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Príncipe Harry revela que fez terapia para superar morte da mãe

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Filho agressor fazia empréstimos em nome da mãe aposentada