Suspeito de matar homem e transmitir pelo Facebook é encontrado morto nos EUA

O norte-americano Steve Stephens, suspeito de matar um homem em plena luz do dia de maneira aleatória e transmitir o ocorrido no Facebook, foi encontrado morto após uma perseguição policial. Segundo as autoridades, Steve se matou com um tiro.


Visto no condado de Erie, Steve foi alvo de uma rápida perseguição policial que terminou com sua morte. O fato foi confirmado pela Polícia Estadual da Pensilvânia.

Além do vídeo onde assassina Robert Godwin, de 84 anos, com um tiro na cabeça em uma rua de Cleveland, no estado de Ohio, Steve fez uma outra filmagem onde afirma que já havia matado ao menos 13 pessoas e que tinha a intenção de matar mais.


Sabe-se que Steve tinha 37 anos, trabalhava como assistente social em uma unidade de saúde mental para crianças e não tinha ficha criminal.




* Reportagem com informações do [Daily Mail]

Mais lidas da semana 🔥

Maioria entre indecisos, mulheres devem definir eleição presidencial

Deivison Kellrs, da banda Torpedo, morre de câncer aos 30 anos

Julgamento das Bruxas de Salem: 7 fatos para entender o acontecimento

Aretha Franklin, ''rainha do soul'', morre aos 76 anos

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

4 livros para tratar temas difíceis com seus filhos

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Marina Silva é a 1ª presidenciável a usar blockchain em financiamento de campanha

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras