Os dez figurinos mais caros da história do cinema

A indústria cinematográfica conta com cenários incríveis e figurinos estrategicamente pensados pela produção para que a magia das telonas conquiste cada um dos espectadores. Depois de se tornarem marcantes, essas roupas passam a ser estimadas também por seu valor cultural. Vem ver os preços pelos quais os figurinos mais caros do cinema foram leiloados!


10. O Poderoso Chefão (1972) fez tanto sucesso que o casaco de Don Vito Andolini Corleone (Marlon Brando) foi leiloado por US$ 32,5 mil. Uma bela quantia, não?


9. Um dos looks usados por Scarlett O’Hara (Vivien Leigh) no clássico E o Vento Levou (1939) foi arrematado em 2015 por US$ 137 mil. O colecionador que disponibilizou o vestido havia comprado a peça por apenas US$ 20, dá para acreditar?


8. Já faz 20 anos que Rose DeWitt Bukater (Kate Winslet) apareceu com esse vestido lindo para jantar com Jack Dawson (Leonardo DiCaprio), em Titanic (1997). O modelo foi leiloado por nada menos do que US$ 270 mil.


7. A túnica usada por Ben-Hur (Charlton Heston), no filme homônimo de 1959, recebeu o lance final de US$ 393,6 mil.


6. Apesar de famosos por serem de rubi, os sapatinhos de Dorothy Gale (Judy Garland), em O Mágico de Oz (1939), eram feitos de simples lantejoulas vermelhas. Ainda assim, o par foi vendido por US$ 666 mil. Já pensou ter um desses no seu armário?



5. A imagem de Maria von Trapp (Julie Andrews), em A Noviça Rebelde (1965), é famosa na internet, mas você imagina por quanto foi leiloado esse look? A gente conta: US$ 676 mil!


4. O vestido preto – nada básico – da grife Givenchy, usado por Holly Golightly (Audrey Hepburn), em Bonequinha de Luxo (1961), foi arrematado em 2006 por surpreendentes US$ 800 mil. O valor estimado antes do leilão era sete vezes menor.


3. A histórica roupa do Leão Covarde (Bert Lahr), em O Mágico de Oz (1939), foi leiloada por US$ 3 milhões. O figurino conta com pelugem de animais de verdade!


2. Usados na cena mais memorável do filme, o vestido e o chapéu de Eliza Doolittle (Audrey Hepburn), em Minha Bela Dama (1964), foram vendidos por nada menos do que US$ 4,5 milhões. As peças faziam parte da coleção pessoal de Debbie Reynolds, que decidiu compartilhá-las com o mundo, em 2011, depois de uma negociação fracassada com um museu.


1. O vestido mais consagrado da história do cinema foi usado por Marilyn Monroe, em O Pecado Mora ao Lado (1955). O modelo foi arrematado pela quantia de US$ 8,9 milhões!



Mais lidas da semana 🔥

'Adoraria ouvir conselhos dela', diz Príncipe William sobre a mãe

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Príncipe Harry revela que fez terapia para superar morte da mãe

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Filho agressor fazia empréstimos em nome da mãe aposentada