Negação é quase regra entre os políticos que serão investigados pelo STF


Após as delações no âmbito da Operação Lava Jato, o Cultura Coletiva analisou as notas divulgadas por 72 dos 98 políticos citados; o restante não se pronunciou.

As palavras "não", "nunca" e "jamais", por exemplo, são citadas por mais de 70% dos investigados.

Entre as justificativas, são comuns expressões como "tenho minha consciência tranquila", "estou à disposição da Justiça" e "segui a legislação".

Os políticos ainda garantem que pensaram nos interesses coletivos e reclamam do fato de não terem acesso às denúncias contra eles.


Mais lidas da semana 🔥

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Emmanuel Macron está de olho em Marina Silva pela 2ª vez

Brian May diz que Freddie Mercury perdeu parte do pé

Os dez figurinos mais caros da história do cinema

Homem atira na ex-mulher e contra si dentro de ônibus em Lages

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

Após pressão de Marina, Bolsonaro volta atrás e diz que não acabará com Ministério do Meio Ambiente

Filho agressor fazia empréstimos em nome da mãe aposentada

Mulher "viciada" em silicone e bronzeamento artificial fica irreconhecível

Uma noite de 'MasterChef' com JB, o crítico mais crítico da gastronomia