Globo decide encerrar site Ego e Paparazzo

O Grupo Globo decidiu descontinuar, no fim deste mês, o portal de notícias de celebridades e entretenimento ''Ego'' e concentrar o foco de sua estratégia digital em seu ambiente de vídeo, Globo Play, e nas verticais de conteúdo, jornalismo, entretenimento e esporte, representados pelos portais G1, Gshow e Globoesporte.com.


O ''Ego'' foi fundado em 2006 e, de acordo com nota da emissora, ''por mais de uma década cumpriu seu papel como principal produto digital do segmento de 'Entertainment News' na internet brasileira, tendo encerrado o ano de 2016, segundo a ComScore, com uma média mensal de 13,2 milhões de visitantes únicos multiplataforma''. Ainda segundo a nota, ''a decisão de encerrar as atividades do portal é resultado de uma reflexão sobre a evolução do mercado de notícias de celebridades no Brasil e no mundo e de novas dinâmicas de interação entre artistas e seus fãs pelas redes sociais. Também será descontinuado o 'Paparazzo', editoria do 'Ego' voltada para ensaios sensuais''.


Em comunicado à imprensa, a Globo ainda anuncia que, a partir de 02 de maio, as novidades sobre o dia a dia dos talentos da emissora poderão ser acompanhadas com mais intensidade pelo Gshow. O G1 continuará com a missão de cobrir factualmente aspectos relevantes nas vidas de quaisquer personalidades de projeção pública.


Mais lidas da semana 🔥

'Adoraria ouvir conselhos dela', diz Príncipe William sobre a mãe

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Príncipe Harry revela que fez terapia para superar morte da mãe

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Eliana faz cerclagem uterina: entenda o que é o procedimento

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia

Maju Coutinho é a nova apresentadora do Jornal Hoje

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

Filho agressor fazia empréstimos em nome da mãe aposentada