Coreia do Norte é um 'problema que será resolvido', afirma Trump


O presidente dos EUA, Donald J. Trump, afirmou nesta quarta-feira (13) que a Coreia do Norte é "um problema que será resolvido".

A declaração foi feita horas após o lançamento no Afeganistão da "mãe de todas as bombas", a maior arma não nuclear dos EUA (batizada de ''GBU-43'', a bomba integra o arsenal norte-americano desde 2003, durante a Guerra do Iraque, mas até hoje só havia sido usada em testes. Ela também é conhecida pelo acrônimo ''Maob'', que significa, em inglês, Munição Maciça de Destruição Aérea), e uma semana depois do bombardeio norte-americano à base aérea síria Al Shayrat, no último dia 6.

Indagado se a ação militar no Afeganistão manda uma mensagem ao governo norte-coreano, no dia em que imagens de satélite revelaram que o país está pronto para mais um teste nuclear, Trump afirmou que isso não fazia diferença. "A Coreia do Norte é um problema, um problema que nós resolveremos".

Há quatro dias, o governo norte-americano enviou um porta-aviões para a península coreana após Pyongyang disparar um míssil no Mar do Japão.


Na terça (11), Trump havia dito no Twitter que os EUA "resolveriam o problema" da Coreia do Norte sozinhos caso a China, aliada do regime de Pyongyang, não colaborasse.

"A Coreia do Norte está querendo confusão. Se a China quiser ajudar, seria ótimo. Se não, nós resolveremos o problema sozinhos!", disse o republicano, que se reuniu na semana passada na Flórida com seu colega chinês, Xi Jinping. "Eu expliquei para o presidente da China que um acordo comercial com os EUA será muito melhor se eles resolverem o problema da Coreia do Norte!"


Teste nuclear

Nesta quinta-feira (13), a organização americana 38 North informou que imagens de satélite de uma base militar na Coreia do Norte indicam que o regime do ditador Kim Jong-un está preparado para conduzir um novo teste nuclear, declarou nesta quarta-feira (12).


Segundo especialistas da organização, que monitora a situação no país, imagens aéreas registradas na quarta (12) mostram uma atividade contínua de funcionários em instalações da base de Punggye-ri. Desde 2006, o regime norte-coreano realizou cinco testes nucleares no local.

Mais lidas da semana 🔥

'Adoraria ouvir conselhos dela', diz Príncipe William sobre a mãe

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Príncipe Harry revela que fez terapia para superar morte da mãe

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Filho agressor fazia empréstimos em nome da mãe aposentada