Conheça três heroínas que lutam pelas mulheres na África

Quando as crianças pensam em super-heróis ou super-heroínas, elas geralmente imaginam guerreiros que brigam contra criminosos de grandes centros urbanos do Ocidente. Apesar dessas histórias serem um sucesso, a diretora Bruktawit Tigabu decidiu criar uma série sobre três heroínas etíopes que batalham por melhorias sociais em seu país.


A série ''Tibeb Girls'' (em tradução livre ''Garotas que Vestem Tibeb'' – tecido típico usado por mulheres etíopes) conta a história de três jovens – Fikir, Tigist e Fiteh – que ''usam seus superpoderes para lutar contra as injustiças sociais e práticas nocivas às mulheres na África'', como explica a descrição do desenho, em sua página no Facebook.


Com coragem e com a ajuda de seus superpoderes, as heroínas do desenho combatem os problemas de sua região, como o casamento infantil e a transmissão do HIV. Na Eiópia, 760 mil pessoas conviviam com o vírus, em 2012, segundo dados da Unicef ↗.

Meninas na escola

Outra preocupação da série é discutir a importância da educação para meninas. ''Somente na Etiópia, nove milhões de meninas não tem acesso à escola – o que resulta em uma perda de quatro milhões de dólares para o país, por ano'', disse Bruktawi em entrevista ao Startup Compete.

De acordo com a Unicef, em 2013, apenas 5,3% das meninas etíopes tiveram acesso a pré-escola no país, entre 2008 e 2009. O percentual salta para 65,5% quando o acesso ao ensino fundamental por mulheres é analisado no país; mas a escolaridade volta a cair à taxa de 15,6% quando se observa a escolaridade de mulheres no ensino médio.


Acessibilidade

Com a intenção de alcançar os mais diversos e longínquos públicos, Bruktawi e sua equipe transformaram a série em um programa de rádio e em um livro de história em quadrinhos.

Afinal, não são todos que possuem televisão para acompanhar as aventuras do trio e grande parte da população mora na zona rural – aproximadamente 85% dos etíopes ↗.

Mais lidas da semana 🔥

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Irmão de Suzane von Richthofen vivia longe dos holofotes e cogitou deixar o país

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

Noiva com alopecia emociona convidados com sua confiança

'Adoraria ouvir conselhos dela', diz Príncipe William sobre a mãe

Estudante é punido pela escola após raspar cabeça para ação de caridade

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

Aos 117 anos, jamaicana Violet Brown se torna pessoa mais velha do mundo

Mulher morre após carro explodir em posto de gasolina no Rio