Com câncer terminal, jovem de 20 anos morre antes de realizar último desejo

Enfrentando um câncer terminal, o jovem Dylan Holmes, de 20 anos, morreu na manhã da última quarta-feira (19) antes de conseguir concretizar um sonho: viajar à Tailândia e fazer um passeio de elefante.


Morador de Thornaby (Inglaterra), o rapaz comoveu colegas de sua antiga escola após ser diagnosticado com um linfoma. Cerca de R$ 12 mil foram arrecadados para ajudá-lo, mas, com a doença em estágio avançado, ele não resistiu a tempo de fazer a viagem.

"Com os corações partidos, nós tristemente anunciamos que Dylan perdeu sua batalha contra o câncer nas primeiras horas desta manhã, com sua família e seus amigos ao seu redor", informaram os parentes em um post no Facebook. "Nós gostaríamos de agradecer a todos pelas palavras e pelo apoio durante este último ano. Descanse em paz, Dylan. Iremos te amar para sempre".

Conforme informou o brtânico "Gazette Live", Dylan havia acabado de entrar na faculdade quando descobriu a doença e começou a passar por quimioterapia. Apesar de estar cada vez mais debilitado, o rapaz, descrito por amigos como um "jovem maravilhoso", ainda acreditava que conseguiria realizar o sonho de viajar ao país do sudeste asiático.


Na rede social, amigos e familiares prestaram homenagens a Dylan. Emocionado, um parente escreveu: "Seu tempo aqui fez a diferença na vida de muitas pessoas".

Mais lidas da semana 🔥

Freddie Mercury aparece com último namorado em fotos raras

Emmanuel Macron está de olho em Marina Silva pela 2ª vez

Brian May diz que Freddie Mercury perdeu parte do pé

Os dez figurinos mais caros da história do cinema

Homem atira na ex-mulher e contra si dentro de ônibus em Lages

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

Após pressão de Marina, Bolsonaro volta atrás e diz que não acabará com Ministério do Meio Ambiente

Filho agressor fazia empréstimos em nome da mãe aposentada

Mulher "viciada" em silicone e bronzeamento artificial fica irreconhecível

Uma noite de 'MasterChef' com JB, o crítico mais crítico da gastronomia