Amy Winehouse será relembrada com duas novas exposições

Um marco no mundo da música, Amy Winehouse será homenageada este ano com uma exposição no Jewish Museum, em Londres, na Inglaterra. Localizada no distrito de Camden, onde a cantora passou a maior parte da sua vida, o objetivo da mostra é recontar a sua trajetória, além da sua relação com o judaísmo.


Em ''Amy: a Family Portrait'', os visitantes vão encontrar imagens da infância da cantora em eventos judaicos, objetos pessoais que contam a sua relação com a religião, além de uma árvore genealógica que mostra toda a origem da família Winehouse. A mostra estará aberta até o dia 24 de setembro deste ano.

Além disso, uma segunda exposição, desta vez de arte de rua, denominada ''The Winehouse Street Art'', vai espalhar pelo distrito painéis inspirados na cantora de artistas como Capitain Kris, Mr. Cenz, Philth e Amara Por Dios. Camden era o lugar preferido de Amy em Londres, tanto que existe por lá uma estátua em tamanho real da talentosa e premiada cantora.


A instalação de street art termina com um mural criado por Pegasus, amigo próximo da família Winehouse, intitulado ''Love Is a Losing Game''. Esta é a segunda vez que esta mostra é exibida em Londres, e ficará no distrito até o dia 4 de junho de 2017.


Mais lidas da semana 🔥

Aretha Franklin, ''rainha do soul'', morre aos 76 anos

Maioria entre indecisos, mulheres devem definir eleição presidencial

4 livros para tratar temas difíceis com seus filhos

'Três Espiãs Demais' entra para o catálogo da Netflix

'Sobrevivi a quatro sentenças de morte'

Biólogo Richard Rasmussen é acusado de pagar para matarem botos em reportagem

Marina Silva é a 1ª presidenciável a usar blockchain em financiamento de campanha

Legado de Amy Winehouse influencia cantores e impressiona especialistas

Criado por atrizes, conheça três coisas utilizadas até hoje

Mulher mais obesa do mundo perde 250 kg após cirurgia