Postagens

Eleitor que fizer enquete em redes sociais pode ser multado em até R$ 329 mil

Imagem
O eleitor que fizer uma enquete nas redes sociais perguntando em quem seus amigos pretendem votar pode ser multado em até R$ 329 mil. A punição está prevista no artigo 23 da Resolução 23549/2017 do TSE. O texto prevê que ''é vedada, no período de campanha eleitoral, a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral''.

O TSE confirmou ao Cultura, por telefone, que a proibição é nacional e vale também para pessoas físicas.
De acordo com o TSE, porém, para que seja aplicada a cobrança, é preciso investigação por parte do Ministério Público Eleitoral e condenação por descumprimento da legislação.
Mariana Rabelo, chefe da seção de propaganda e anotações partidárias do TRE-MG, explica que a investigação pode acontecer tanto a partir de uma representação para o MPE, que é quando alguma pessoa ou entidade pede para que o órgão abra um inquérito, quanto por fiscalização própria do MPE.
Rabelo afirma, ainda, que ''casos práticos'' de pessoas condenadas em o…

''Baixaria do agressor de mulher'' só interessa a ''pessoas desesperadas'', diz Mourão sobre Ciro

Imagem
O general Hamilton Mourão (PRTB), candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), rebateu declaração do presidenciável Ciro Gomes (PDT) que o chamou de ''jumento de carga''. Em viagem ao Paraná, Mourão disse que a ''baixaria do agressor de mulher'' só interessa a ''pessoas desesperadas''.

''Ofensas, partindo de Ciro, não têm relevância para mim. Trata-se de alguém que, em um debate, não tem argumentos. Quando não há argumentos, a pessoa parte para a ofensa'', afirmou. ''Não vou me envolver em disputas de retórica de baixo nível, pois não é isso que os eleitores desejam e tampouco a educação que eu recebi''.
A declaração polêmica de Ciro foi dada numa sabatina, na manhã desta quarta-feira, 12, do jornal O Globo. Ele criticava uma frase dita por Mourão na semana passada. Horas depois do atentado contra Bolsonaro em Juiz de Fora, o candidato a vice disse à Revista Crusoé: ''Se querem usar …

Com taxa em compras internacionais, Correios afastam Wish e AliExpress do Brasil

Imagem
Os famosos ''negócios da China'' acabaram de se tornar menos atraentes. Os Correios anunciaram em 27 de agosto uma taxação que pode comprometer as compras de 22 milhões de brasileiros em e-commerces internacionais. Todas as encomendas que chegarem ao Brasil pelo serviço postal estão sujeitas à cobrança de uma taxa extra de despacho, no valor fixo de 15 reais.

A medida já está valendo, segundo os Correios. A estatal afirma em nota que o serviço de despacho postal era cobrado apenas para objetos tributados pela Receita Federal. Mas, com o aumento das importações, a estatal ''precisou injetar mais recursos na operação''. Esse é mais um capítulo na saga dos Correios, que tentam se recuperar de uma crise econômica que há anos assombra o serviço postal.
Apesar de a taxa fixa incidir sobre todas as encomendas internacionais, as compras que devem ser mais afetadas são as de valores menores. É o caso da maioria das aquisições feitas em lojas online chinesas, como

Comunidade LGBT fará reunião para debater se apoia Marina ou Ciro

Imagem
AComunidade LGBTQ divulgou nesta terça-feira, uma nota oficial de que irá realizar uma reunião para debater qual candidato irá apoiar na eleição para o principal cargo do executivo no Brasil.

A pauta está marcada para a próxima sexta, 14. Segundo apuração de Cultura, o foco da reunião será em Marina Silva, da Rede e Ciro Gomes, do PDT. Ambos os candidatos possuem um projeto de Governo que defendem a igualdade de direitos, como o do casamento, por exemplo.
A parcela homossexual da população brasileira, é estimada em cerca de 17,9 milhões de pessoas.

Marina prega a paz durante caminhada e aglomera multidão

Imagem
Em sua primeira agenda pública após o atentado contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), a candidata Marina Silva, da Rede, classificou o ataque ao candidato como inaceitável e pregou a paz. A ex-senadora, no entanto, questionou uma das principais bandeiras de Bolsonaro, a liberação do porte de armas. Segundo ela, o desfecho poderia ter sido pior, caso o autor do atentado estivesse com um revólver.

– Eu fico pensando se, que Deus o livre, aquela pessoa tivesse uma arma de fogo na mão, o que poderia ter acontecido? Temos que acreditar que quem nos defende da violência, do crime, é o amor, o respeito dentro do nosso coração, e não uma arma na mão – disse.
Segundo Marina, o atentado contra Bolsonaro é a materialização da polarização que ela critica desde sua primeira tentativa de chegar à Presidência, em 2010. A candidata lembrou que o ataque se insere em um contexto em que estão o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e os tiros disparados contra os ônibus na caravana d…

The Good Doctor: Onde assistir a série da ABC

Imagem
A série The Good Doctor, da emissora norte-americana ABC, estreou com tudo e provou ser capaz de conquistar os brasileiros. Os dois primeiros episódios da primeira temporada foram ao ar na última segunda-feira (27) na ''Tela Quente'', da Globo – que nunca havia exibido um seriado em seus 30 anos de programa.

A audiência foi um sucesso para a emissora, que utilizou a série para atrair o público para sua plataforma de streaming, o Globoplay. Segundo o site Notícias da TV, o drama hospitalar marcou 29,5 pontos de média no Ibope na Grande São Paulo, o maior índice em seis anos.

Agora, quem assistiu e se apaixonou, poderá acompanhar a história do jovem cirurgião autista Shaun Murphy (Freddie Highmore, de Bates Motel) pelo Globoplay. A primeira temporada, com 18 episódios, já está disponível na plataforma para assinantes por 18,90 mensais, com direito há 7 dias grátis de degustação.

Bolsonaro diz que vai cortar recursos do ensino superior

Imagem
O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) disse que os jovens brasileiros têm ''tara'' pelo diploma superior, e que seria melhor se muitos deles buscassem o ensino profissionalizante para atuar em funções como técnico em conserto de eletrodomésticos e mecânico de automóvel.

''Há uma certa tara por parte da garotada em ter um diploma.'', disse o candidato durante entrevista ao Jornal das Dez, da GloboNews, na noite desta terça-feira (28).
O presidenciável confirmou que pretende diminuir os investimentos no ensino superior por causa de uma suposta preponderância da esquerda nos meios universitários. ''Mas esse não é o nosso objetivo principal isso daí'', afirmou Bolsonaro, que disse ter sido hostilizado por estudantes do Mackenzie, durante uma visita à instituição privada na capital paulista. ''O que essa molecada tem na cabeça?'', questionou.
Ainda sobre o ensino técnico, o candidato propôs levar as aulas para dentro dos…