Vacina contra a gripe é liberada para toda a população

O governo federal anunciou nesta sexta-feira a liberação da vacina contra a gripe para toda a população do país, a partir de segunda-feira (5/6). A medida foi tomada porque, mesmo com a prorrogação da campanha de vacinação, ainda sobraram 10 milhões de doses de um montante de 60 milhões adquiridas.


''Para que não haja desperdício, já que estas vacinas só valem por um ano, decidimos estender a todas as faixas etárias, enquanto durarem os estoques'', disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ressaltando que a medida só vale este ano.

Baixa adesão do grupo de risco

Anteriormente, apenas podiam se vacinar pela rede pública pessoas consideradas do grupo de risco: idosos, professores, gestantes, crianças a partir dos seis meses e menores de 5 anos de idade, trabalhadores de saúde, povos indígenas, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.


Segundo o ministro, a retirada da restrição de vacinar somente o público-alvo ocorreu porque mesmo após a prorrogação da campanha, ainda há 10 milhões de doses disponíveis na rede pública de saúde. A meta do governo era imunizar 54 milhões de pessoas, que representam 90% da população considerada de risco para complicações por gripe. Mas, até o momento, somente 41,3 milhões ou 76,7% do público-alvo foram vacinados.

Embora nenhum grupo prioritário tenha atingido a meta de vacinação, os trabalhadores da saúde apresentaram a maior cobertura, com 3,9 milhões de doses aplicadas, alcançando 84,5%. Entre os estados, apenas o do Amapá atingiu a meta.

A imunização contra a gripe protege contra os três sorotipos do vírus da gripe H1N1 e H3N2 e Influenza B. A vacina é segura e apenas pessoas que têm alergia ao ovo devem procurar o médico para orientações.

Boletim epidemiológico

De acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, 163 pessoas morreram este ano no Brasil em decorrência da doença. Em todo ano de 2016, a gripe matou 1.982 pessoas no país.

Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

Coreia do Norte exibe mísseis e aumenta rumor de ataque nuclear

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Fátima Bernardes quebra silêncio sobre o contrato com a Friboi

Ministério da Saúde não recomenda polvos de crochê para bebês

''Eu sou a pedra no sapato do Bruno'', diz mãe de Eliza Samúdio