Justiça determina que Gentili apague vídeo sobre Maria do Rosário

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou que Danilo Gentili apague o vídeo em que aparece rasgando e colocando dentro das calças uma notificação extrajudicial enviada pela deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). A notificação pedia que o apresentador do SBT apagasse publicações em que falava da deputada e de sua filha, menor de idade.


A decisão é do desembargador Túlio Martins. Em nota publicada no site do TJ-RS, ele afirma que o vídeo tem natureza misógina e que a deputada foi agredida e humilhada. ''Constata-se que, a princípio, o conteúdo apresentado naquilo que seria um vídeo humorístico em verdade não é notícia, nem informação, nem opinião, nem crítica, nem humor, mas apenas agressão absolutamente grosseira marcada por prepotência e comportamento chulo e inconsequente'', disse.




A decisão, de sexta-feira, 2, determinava que Gentili retirasse o vídeo em até 24 horas de suas contas no Facebook, Youtube e Twitter, sob pena de multa diária no valor de 500 reais. Até agora, o humorista não apagou a publicação.


Gentili não se pronunciou diretamente sobre o assunto, mas deu indiretas nas redes sociais. No Twitter, ele escreveu: ''1) Se estiver do lado 'incorreto' a imprensa condena na manchete sua piada como ofensa, seu protesto como crime e sua censura como justiça. 2) Porém se estiver do lado 'correto' você pode até explodir uma criança na Europa que a imprensa te chama apenas de suspeito''.


Mais lidas da semana 🔥

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Bronquiolite: 10 perguntas e respostas sobre a doença

Uma noite de 'MasterChef' com JB, o crítico mais crítico da gastronomia

Sisu abre inscrições para o 2º semestre

Filme ''Anastasia'' se torna musical na Broadway

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Taiwan aprova emenda que proíbe consumo de carne de cães e gatos

25 fatos curiosos sobre Psicologia