Ato em São Paulo reúne artistas e pede eleições diretas

Artistas, músicos e ativistas participaram neste domingo de um ato político que pedia a saída do presidente Michel Temer e a convocação de eleições diretas. O evento, que contou com apresentação de blocos de carnaval e artistas, começou por volta de meio dia no Largo da Batata, em São Paulo.


''SP pelas Diretas Já'' contou com um trio elétrico que recebeu apresentações de artistas como Emicida, Péricles, Mano Brown, Chico César, Criolo e Tulipa Ruiz, além de blocos de carnaval da capital como o Acadêmicos do Baixo Augusta. ''Queremos ter o direito de eleger nosso presidente da República'', afirmou o apresentador do evento Léo Madeira. Entre gritos de ''Diretas Já'' e faixas de ''Fora Temer'' a manifestação ocorreu em clima de festa e carnaval.




''O Congresso não tem moral e nem legitimidade para escolher o presidente'', afirmou o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MST) Guilherme Boulos durante discurso. Entre os participantes do protesto havia desde pessoas sem ligação com grupo e movimentos sociais até militantes de partidos políticos e sindicatos.



No domingo passado (28/05) o mesmo evento, organizado pelos movimentos Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo, reuniu nomes como Caetano Veloso e Milton Nascimento nas areias da praia de Copacabana no Rio de Janeiro.


Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Sequestrado em maternidade, Pedrinho é advogado de Aécio Neves

Morre Kid Vinil, aos 62 anos, precursor do punk rock

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Internada aos 5 meses de gravidez, Eliana tem avaliação diária

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Netflix vai tirar do catálogo séries famosas da TV; veja quais

5 coisas que as mães de autistas gostariam que você soubesse