Temer promete deixar a vida política após 2018

O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que não pretende continuar na vida política após terminar o mandato, em 2018. E também reforçou que não pretende concorrer a um novo mandato presidencial. ''Aposentar-me nunca, jamais, mas eu não tenho intenção de continuar a atividade política, já cumpri meu papel'', afirmou em entrevista.


Temer voltou a dizer que espera aprovar as reformas até o fim do mandato. ''Só espero que as reformas deem certo e que não haja necessidade de pedirem para eu continuar'', disse.

O presidente afirmou ainda que acredita não ter errado durante seu mandato, que assumiu após o afastamento da petista Dilma Rousseff, em maio de 2016. ''É possível que eu tenha errado aqui e acolá, mas não sinto que tenha errado'', disse. Temer falou que, se cometeu erros, foram acidentais e não propositais.

Mal nas pesquisas

A impopularidade do governo Temer cresceu e já é comparável à de Dilma às vésperas da abertura do processo de impeachment que acabou por cassá-la em 2016.

Segundo pesquisa do Datafolha divulgada no último domingo (30), a gestão do peemedebista tem 61% de avaliação ruim ou péssima, com 28% a considerando regular e apenas 9%, ótimo ou bom.


Na mesma pesquisa, o instituto fez simulações de primeiro turno para eleição presidencial de 2018. Nos três cenários em que aparece, Temer não passa do 2% das intenções de votos. O presidente também aparece com a maior rejeição, 64% dizem que não votariam nele.


Mais lidas da semana 🔥

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Bronquiolite: 10 perguntas e respostas sobre a doença

Uma noite de 'MasterChef' com JB, o crítico mais crítico da gastronomia

Sisu abre inscrições para o 2º semestre

Filme ''Anastasia'' se torna musical na Broadway

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Taiwan aprova emenda que proíbe consumo de carne de cães e gatos

25 fatos curiosos sobre Psicologia