Escola de música na Paraíba resgata infância de crianças carentes

Lauricea Texeira Rodrigues, 43 anos, acolhe a equipe de reportagem sorridente diante do portão azul de sua casa, na comunidade de Mandacaru, periferia norte de João Pessoa. De longe já é possível reconhecer a casa pelo som das trombetas e tambores que vêm da garagem. Chegando ao andar de cima, as crianças estão concentradas ao afinar os instrumentos, mergulhadas em um silêncio religioso.


A pessoense fundou, na pequena garagem de sua casa, a escola de música Uma Nota Musical que Salva em agosto de 2011 – projeto social que vingou na terceira comunidade mais violenta de toda região nordeste do Brasil. ''Começamos com mais ou menos vinte alunos'', conta, com o sorriso estampado no rosto, enquanto observa as crianças que se preparam para a aula.

Essa é a primeira e única escola de música gratuita de toda cidade. São quatro professores e cerca de 30 alunos fixos, entre 4 e 17 anos, que dependem de voluntariado e doações para que as lições tenham continuidade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também apoia a causa: doou instrumentos musicais e ''emprestou'' alguns de seus músicos para ensinar os pequenos de Mandacaru.


''Quanto mais crianças tiramos das ruas ensinando música, mais crianças tiramos das mãos do tráfico de drogas. Eu não podia mais assistir aos filhos de Mandacaru morrendo todos os dias vítimas da violência'', diz Lauricea, enquanto o sargento Edilson Alves, um dos policiais municipais que ensinam na escola, chama os últimos que chegaram para a aula. ''Mandacaru agora também é mais seguro graças a esta escola'', finaliza.

Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Sequestrado em maternidade, Pedrinho é advogado de Aécio Neves

Morre Kid Vinil, aos 62 anos, precursor do punk rock

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Internada aos 5 meses de gravidez, Eliana tem avaliação diária

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Netflix vai tirar do catálogo séries famosas da TV; veja quais

5 coisas que as mães de autistas gostariam que você soubesse