Suspeito de matar homem e transmitir pelo Facebook é encontrado morto nos EUA

O norte-americano Steve Stephens, suspeito de matar um homem em plena luz do dia de maneira aleatória e transmitir o ocorrido no Facebook, foi encontrado morto após uma perseguição policial. Segundo as autoridades, Steve se matou com um tiro.


Visto no condado de Erie, Steve foi alvo de uma rápida perseguição policial que terminou com sua morte. O fato foi confirmado pela Polícia Estadual da Pensilvânia.

Além do vídeo onde assassina Robert Godwin, de 84 anos, com um tiro na cabeça em uma rua de Cleveland, no estado de Ohio, Steve fez uma outra filmagem onde afirma que já havia matado ao menos 13 pessoas e que tinha a intenção de matar mais.


Sabe-se que Steve tinha 37 anos, trabalhava como assistente social em uma unidade de saúde mental para crianças e não tinha ficha criminal.




* Reportagem com informações do [Daily Mail]

Mais lidas da semana 🔥

Abacaxi deixado em exposição engana público e é confundido com obra de arte

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Avó faz manta para neto mas detalhe 'indecente' chama atenção

WhatsApp lança ótima atualização para quem ama enviar áudios

Prefeito de vilarejo italiano oferece € 2 mil para que pessoas se mudem para o local

Escolas iniciam 'caça à baleia azul'; fique atento aos sinais

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Guia prático do chá: o que você precisa saber sobre a bebida

'Tenho aids, engravidei e meu filho não foi infectado'

'A Força do Querer' bate recorde de audiência com prisão