Suspeito de matar homem e transmitir pelo Facebook é encontrado morto nos EUA

O norte-americano Steve Stephens, suspeito de matar um homem em plena luz do dia de maneira aleatória e transmitir o ocorrido no Facebook, foi encontrado morto após uma perseguição policial. Segundo as autoridades, Steve se matou com um tiro.


Visto no condado de Erie, Steve foi alvo de uma rápida perseguição policial que terminou com sua morte. O fato foi confirmado pela Polícia Estadual da Pensilvânia.

Além do vídeo onde assassina Robert Godwin, de 84 anos, com um tiro na cabeça em uma rua de Cleveland, no estado de Ohio, Steve fez uma outra filmagem onde afirma que já havia matado ao menos 13 pessoas e que tinha a intenção de matar mais.


Sabe-se que Steve tinha 37 anos, trabalhava como assistente social em uma unidade de saúde mental para crianças e não tinha ficha criminal.




* Reportagem com informações do [Daily Mail]

Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

Netflix vai tirar do catálogo séries famosas da TV; veja quais

Internada aos 5 meses de gravidez, Eliana tem avaliação diária

Coreia do Norte exibe mísseis e aumenta rumor de ataque nuclear

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Fátima Bernardes quebra silêncio sobre o contrato com a Friboi