Negação é quase regra entre os políticos que serão investigados pelo STF


Após as delações no âmbito da Operação Lava Jato, o Cultura Coletiva analisou as notas divulgadas por 72 dos 98 políticos citados; o restante não se pronunciou.

As palavras "não", "nunca" e "jamais", por exemplo, são citadas por mais de 70% dos investigados.

Entre as justificativas, são comuns expressões como "tenho minha consciência tranquila", "estou à disposição da Justiça" e "segui a legislação".

Os políticos ainda garantem que pensaram nos interesses coletivos e reclamam do fato de não terem acesso às denúncias contra eles.


Mais lidas da semana 🔥

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Sisu abre inscrições para o 2º semestre

Uma noite de 'MasterChef' com JB, o crítico mais crítico da gastronomia

Bronquiolite: 10 perguntas e respostas sobre a doença

Filme ''Anastasia'' se torna musical na Broadway

25 fatos curiosos sobre Psicologia

Com gravidez de risco, Eliana se afasta da TV: 'Dúvidas e medo'

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'