Ídolo da Jovem Guarda, Jerry Adriani morre aos 70 anos

Famoso por interpretações de músicas como ''Doce, Doce Amor'', ''És Meu Amor'' e ''Querida'', que fizeram sucesso durante a Jovem Guarda, Jair Alves de Sousa, artisticamente conhecido como Jerry Adriani morreu na tarde deste domingo (23), aos 70 anos, no Hospital Vitória, no Rio, em decorrência de câncer.


A doença foi divulgada há duas semanas, sem dados sobre que órgãos estariam comprometidos, após o cantor ter sido hospitalizado em março com um quadro de trombose venosa profunda.

Adriani iniciou a carreira em 1964, cantando em italiano, e logo decolou. Foi apresentador de TV nos anos 1960 e atuou em filmes, além de fazer extensas turnês nacionais e internacionais.


O corpo do artista será velado e enterrado nesta segunda-feira (24), em horário ainda a confirmar, no Cemitério de São Francisco Xavier, no Centro do Rio de Janeiro.


Mais lidas da semana 🔥

Sisu abre inscrições para o 2º semestre

Conheça o criador do jogo Baleia Azul

'A Cabana' é acusado de heresia por parte dos evangélicos

Emmanuel Macron é eleito presidente da França

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

Pai mata filha de 11 meses e comete suicídio ao vivo no Facebook

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Bronquiolite: 10 perguntas e respostas sobre a doença

Gripe: vacina, sintomas e tratamento