Globo decide encerrar site Ego e Paparazzo

O Grupo Globo decidiu descontinuar, no fim deste mês, o portal de notícias de celebridades e entretenimento ''Ego'' e concentrar o foco de sua estratégia digital em seu ambiente de vídeo, Globo Play, e nas verticais de conteúdo, jornalismo, entretenimento e esporte, representados pelos portais G1, Gshow e Globoesporte.com.


O ''Ego'' foi fundado em 2006 e, de acordo com nota da emissora, ''por mais de uma década cumpriu seu papel como principal produto digital do segmento de 'Entertainment News' na internet brasileira, tendo encerrado o ano de 2016, segundo a ComScore, com uma média mensal de 13,2 milhões de visitantes únicos multiplataforma''. Ainda segundo a nota, ''a decisão de encerrar as atividades do portal é resultado de uma reflexão sobre a evolução do mercado de notícias de celebridades no Brasil e no mundo e de novas dinâmicas de interação entre artistas e seus fãs pelas redes sociais. Também será descontinuado o 'Paparazzo', editoria do 'Ego' voltada para ensaios sensuais''.


Em comunicado à imprensa, a Globo ainda anuncia que, a partir de 02 de maio, as novidades sobre o dia a dia dos talentos da emissora poderão ser acompanhadas com mais intensidade pelo Gshow. O G1 continuará com a missão de cobrir factualmente aspectos relevantes nas vidas de quaisquer personalidades de projeção pública.


Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

Internada aos 5 meses de gravidez, Eliana tem avaliação diária

Sequestrado em maternidade, Pedrinho é advogado de Aécio Neves

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Netflix vai tirar do catálogo séries famosas da TV; veja quais

5 coisas que as mães de autistas gostariam que você soubesse