Coreia do Norte exibe mísseis e aumenta rumor de ataque nuclear

A Coreia do Norte exibiu o que pareceram ser novos mísseis de longo alcance e mísseis para lançamento a partir de submarinos neste sábado 15, no 105º aniversário do fundador do país, Kim Il Sung, enquanto um porta-aviões nuclear dos Estados Unidos se aproximava da região.


Os mísseis tiveram papel de destaque em um gigantesco desfile militar, com o neto de Kim e atual líder do país, Kim Jong-Un, dedicando tempo para saudar o comandante das Forças Estratégicas, divisão militar que controla o arsenal de mísseis.

Um ataque da Marinha norte-americana contra uma base área síria este mês, com mísseis Tomahawk, despertou questionamentos sobre os planos do presidente dos EUA, Donald J. Trump, para a Coreia do Norte, que realizou diversos testes balísticos e nucleares em desafio a sanções impostas pela ONU, com ameaças frequentes de destruir os Estados Unidos.

Kim Jong-Un, que parecia bastante relaxado em um terno escuro e rindo junto com seus assessores, observou as festividades do ''Dia do Sol'', na praça Kim Il Sung, em Pyongyang.


Soldados perfilados e bandas marciais encheram a praça, em frente ao rio Taedonggang, sob o sol primaveril, e foram seguidos por tanques, sistemas lançadores de foguetes e outros armamentos.

Diferente de outros desfiles militares com a presença de Kim, desta vez não foi evidente a presença de algum oficial sênior da China. A China é o único grande aliado da Coreia do Norte, mas já se manifestou contrária a seus testes de mísseis e nucleares, dando aval para sanções da ONU.

Analistas militares disseram acreditar que alguns dos mísseis exibidos são novos tipos de mísseis balísticos intercontinentais (ICBM, na sigla em inglês).


A Coreia do Norte mostrou dois tipos de ICBM acoplados a lançadores, sobre caminhões, sugerindo que Pyongyang tem trabalhado rumo a um ''novo conceito'' de ICBM, disse a analista sênior do Instituto Internacional de Estudos Middlebury, em Monterey, Califórnia, Melissa Hanham.

''No entanto, a Coreia do Norte tem o hábito de exibir novos conceitos em desfiles antes mesmo de testá-los ou lançá-los'', disse ela.

''Ainda é muito cedo para o design desses mísseis'', completou.


Mísseis balísticos Pukkuksong para lançamento a partir de submarinos também estiveram no desfile. Foi a primeira vez que a Coreia do Norte mostrou estes armamentos em uma parada militar.

Na sexta-feira 14, a Coreia do Norte reclamou que os Estados Unidos estão levando ''grandes ativos estratégicos nucleares'' para a região, à medida que a frota comandada pelo porta-aviões USS Carl Vinson, aproximava-se.




Mais lidas da semana 🔥

Eliana faz cerclagem uterina: entenda o que é o procedimento

Mãe faz alerta após filha ter infecção causada por urina de cachorro na praia

Abacaxi deixado em exposição engana público e é confundido com obra de arte

Deputada chamada de ''gostosa'' durante votação abre investigação

WhatsApp lança ótima atualização para quem ama enviar áudios

Disney anuncia que vai lançar seu próprio serviço de streaming

Tom Cruise indomável: ator confirma sequência de 'Top Gun'

Bailarina plus size arrasa como estrela de campanha da Target

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Notificado por deputada, Danilo Gentili rasga documento