Conheça o criador do jogo Baleia Azul

Você com certeza já deve ter ouvido falar sobre o Desafio da Baleia Azul, que tem levado muitos jovens ao suicídio. O jogo consiste em uma série de 50 desafios cujo objetivo final do jogador é acabar com a própria vida. Acredita-se que o jogo esteja relacionado com diversos casos recentes de suicídio no Brasil.


Basicamente o jogo é formado por uma série de desafios diários, enviados ao jogador por um ''curador''. Os desafios consistem em tarefas banais até as mais mórbidas possíveis, que em muitos casos envolvem autoflagelação. Nos dez dias que antecedem o fim do jogo, o participante precisa acordar bem cedo pela manhã, ouvir música e pensar na morte. Para ''vencer'' o último desafio, o jogador deve se matar.

Em meados de 2016, o jornal Novaya Gazeta trouxe à tona evidências de que o jogo estaria por trás de pelo menos 130 casos de suicídio entre novembro de 2015 e abril de 2016 na Rússia. A publicação afirma que quase todas essas crianças eram membros dos mesmos grupos na internet. ''Eles conhecem bem a mente dos adolescentes, convencem as meninas de que são 'gordas', dizem aos garotos que são 'perdedores' nesta vida. E que há outro mundo e eles estarão entre os escolhidos''. diz a matéria do jornal.


No Brasil um dos primeiros relatos difundidos nas redes sociais ligado ao jogo se refere a duas adolescentes russas que se mataram do alto de um prédio de 14 andares em Irkutsk, região da Sibéria. No Facebook de uma das vítimas a última postagem é uma imagem de uma baleia azul.

Uma das grandes dúvidas é quem seria o criador do jogo mais macabro dos últimos tempos. Tudo aponta para o jovem russo Philip Budeikin, 21 anos, que em novembro de 2016 foi preso pela polícia russa acusado de organizar oito grupos entre 2013 e 2016 que ''promovem o suicídio''. Desde então ele aguarda julgamento.


Fox Filipp Lis

Tudo teria começado na rede social VKontakt (semelhante ao Facebook) em 2013, quando Philip criou o grupo chamado F57. Nela, o criador era chamado de Fox Filipp Lis. Os participantes deveriam compartilhar no grupo imagens de lápides, citações ao suicídio e autoflagelação.

Fox se aproveitou da popularidade do grupo F57 e de jogos de realidade alternativa, popularmente chamados de ARG – que consiste em desafios que envolvem o jogador na história, levando a resolver as tarefas e a explorar a narrativa – para por em prática seus desafios aos participantes do grupo.

Estas tarefas não eram perigosas até os outros administradores do grupo começarem a promover desafios envolvendo autoflagelação pesada e suicídio.

Com seu jogo cada vez mais conhecido entre os jovens russos, rapidamente Philip perdeu o controle. Do F57 surgiu diversos grupos com a mesma temática, mas um dele se destacou e tomou proporções mundiais: o grupo ''Blue Whale'', traduzido para o português como ''Baleia Azul''.


Julgamento

Atualmente o criador do jogo baleia azul está sob acusação de incitar o suicídio. De acordo com os investigadores, o jovem é responsável direto pela morte de 15 menores. Outros 5, foram resgatados antes de finalizarem os desafios e acusam Philip de ser o autor dos grupos nos quais participavam.

Em sua defesa, Philip afirma que criou o jogo como uma jogada de marketing, para atrair um grande número de pessoas com o intuito de promover sua banda. Mas que tudo saiu do controle e deu errado.


Como evitar?

Evite aceitar pessoas desconhecidas em suas redes sociais, com o tempo elas podem te adicionar em grupos que fazem parte do jogo. Caso você esteja preocupado com seu filho, é importante para os pais conversarem e fazer parte do dia a dia deles. Quanto mais informações tiverem mais fácil fica identificar o perigo.


Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

Netflix vai tirar do catálogo séries famosas da TV; veja quais

Internada aos 5 meses de gravidez, Eliana tem avaliação diária

Sequestrado em maternidade, Pedrinho é advogado de Aécio Neves

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

Vacina contra a gripe é liberada para toda a população