Cidade americana faz eleição anual do "idiota local"

A eleição mais importante na pequena cidade de Story, em Indiana (EUA), não é a de prefeito, vereador ou de conselheiro. Aliás, o vilarejo é tão pequeno que não tem nada dessas coisas. Por lá, tudo para quando, anualmente, os moradores se reúnem para votar no "Idiota Local" do ano.

Já é uma tradição. Desde 1999, existe a premiação. Tudo começou quando um funcionário do Hotel Story Inn, que hoje abriga a eleição, comprou uma camionete e capotou sozinho na pista. Ele sobreviveu e foi eleito o primeiro "Idiota Local". Desde então, vários tentam superá-lo.

A votação acontece dentro do bar do hotel. O barman recebe os votos e, todos juntos, contam para eleger o vencedor. Para ser eleitor, basta ter sido cliente naquele local algum dia.


Neste ano, o vencedor foi Brad Cox (imagem acima). O sujeito foi trocar o óleo do carro da mulher e acabou estragando o câmbio do veículo. O pior é que, antes de perceber a burrada que fez, ainda tentou engambelar com aquele papinho machista de "mulher não sabe dirigir" e tal.


"Eu já troquei o óleo daquele carro umas 80 vezes. Já até ensinei meus filhos a fazer isso. Não sei o que aconteceu comigo naquele dia", afirmou ao jornal "The Louisville Courier".

No último dia 1º, Cox recebeu US$ 100 e o título de "Idiota Local" válido até 31 de março de 2018. Sem "direito" a impeachment ou recontagem de votos.


Confira também: Marido enche o carro da esposa com concreto após ela mudar de sobrenome

Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Sequestrado em maternidade, Pedrinho é advogado de Aécio Neves

Morre Kid Vinil, aos 62 anos, precursor do punk rock

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima

Internada aos 5 meses de gravidez, Eliana tem avaliação diária

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Netflix vai tirar do catálogo séries famosas da TV; veja quais

5 coisas que as mães de autistas gostariam que você soubesse