Blogueira mostra mudanças após passar um ano sem se depilar

Depois de um ano longe de qualquer método de depilação, a blogueira fitness Morgan Mikenas está chamando atenção na internet por mostrar os resultados e contar o que aprendeu com o novo estilo de vida.


Em um vídeo publicado recentemente no YouTube, Morgan explica que decidiu deixar os pelos crescerem livremente após perceber que, para ela, o tempo gasto com depilação não fazia sentido. "Um dia, eu fiquei pensando: 'por que estou fazendo isso mesmo? Isso leva tempo demais!' Então eu simplesmente deixei crescer", relembra.

Morgan conta que começou a depilar o corpo ainda durante a adolescência, exatamente no dia que foi alvo de piadas por conta de suas pernas peludas. Conforme os pelos voltavam a crescer, ela se sentia "suja" e obrigada a repetir o processo e, mais uma vez, raspar os pelos.


Agora, após a experiência, ela garante ter percebido que já não é preciso ter pernas depiladas para se sentir bem com o próprio corpo. "Eu amo muito os pelos do meu corpo. Amo ser a versão mais natural e humana de mim mesma".

Com pouco mais de 28 mil seguidores no Instagram, ela tem publicado fotos da jornada sem depilação e dividido internautas entre apoiar ou criticar a decisão.


Contra isso, ela enfatiza: sua intenção é apenas mostrar o lado positivo de ser "fora do padrão" para inspirar outros a viverem da forma como consideram melhor. "Não quero fazer com que toda a humanidade pare de depilar suas axilas e suas pernas", ela destaca. "Só quero inspirar os outros a fazerem o que é o melhor e mais confortável para eles".


Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Coreia do Norte exibe mísseis e aumenta rumor de ataque nuclear

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Fátima Bernardes quebra silêncio sobre o contrato com a Friboi

Ministério da Saúde não recomenda polvos de crochê para bebês

''Eu sou a pedra no sapato do Bruno'', diz mãe de Eliza Samúdio

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima