Artistas da nova cena musical revisitam repertório do Skank em coletânea

O que começou como uma despretensiosa banda mineira que misturava ritmos latinos e um bocado de referências que nunca tinham tocado nas rádios do Brasil acabou se tornando um dos grupos mais populares da música nacional. Embora mantenha o espírito jovem, o Skank já completou 25 anos de estrada – e agora músicos que cresceram ouvindo o som deles se reúnem para homenageá-los.


Foi anunciada no fim do mês passado a criação da coletânea ''Dois Lados'', produzida pelo site Scream&Yell – que já homenageou nomes como Milton Nascimento e Los Hermanos com projetos semelhantes.

O disco conta com a participação de 34 artistas, de 15 estados brasileiros. A lista ainda inclui novos queridinhos da música nacional, como Ana Vitória, As Bahias e outros.

''Acredito que o Brasil vive um dos seus melhores momentos em se tratando de música, e o intuito do disco também é estimular o interesse em conhecer essa nova turma e, ao mesmo tempo, perpetuar o legado do Skank a partir de releituras'', diz o produtor da coletânea, Pedro Ferreira.


A produção do disco começou em janeiro e atualmente as gravações estão recebendo os toques finais. O álbum será disponibilizado para download gratuito, a partir de junho desse ano.


Mais lidas da semana 🔥

Sisu abre inscrições para o 2º semestre

Conheça o criador do jogo Baleia Azul

'A Cabana' é acusado de heresia por parte dos evangélicos

Emmanuel Macron é eleito presidente da França

Ela se vestiu de homem para viajar livremente no século 19

Pai mata filha de 11 meses e comete suicídio ao vivo no Facebook

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

12 séries que são verdadeiras joias escondidas na Netflix

Bronquiolite: 10 perguntas e respostas sobre a doença

Gripe: vacina, sintomas e tratamento