Amy Winehouse será relembrada com duas novas exposições

Um marco no mundo da música, Amy Winehouse será homenageada este ano com uma exposição no Jewish Museum, em Londres, na Inglaterra. Localizada no distrito de Camden, onde a cantora passou a maior parte da sua vida, o objetivo da mostra é recontar a sua trajetória, além da sua relação com o judaísmo.


Em ''Amy: a Family Portrait'', os visitantes vão encontrar imagens da infância da cantora em eventos judaicos, objetos pessoais que contam a sua relação com a religião, além de uma árvore genealógica que mostra toda a origem da família Winehouse. A mostra estará aberta até o dia 24 de setembro deste ano.

Além disso, uma segunda exposição, desta vez de arte de rua, denominada ''The Winehouse Street Art'', vai espalhar pelo distrito painéis inspirados na cantora de artistas como Capitain Kris, Mr. Cenz, Philth e Amara Por Dios. Camden era o lugar preferido de Amy em Londres, tanto que existe por lá uma estátua em tamanho real da talentosa e premiada cantora.


A instalação de street art termina com um mural criado por Pegasus, amigo próximo da família Winehouse, intitulado ''Love Is a Losing Game''. Esta é a segunda vez que esta mostra é exibida em Londres, e ficará no distrito até o dia 4 de junho de 2017.


Mais lidas da semana 🔥

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

Dono de bicicleta condena tatuagem em testa de adolescente: 'Não consegui dormir'

Coreia do Norte exibe mísseis e aumenta rumor de ataque nuclear

Escapei de um marido violento, mas vi minha filha morrer nas mãos do goleiro Bruno

Roger Moore, ator de '007', morre aos 89 anos

'13 Reasons Why': 2ª temporada vai mostrar outros pontos de vista

Fátima Bernardes quebra silêncio sobre o contrato com a Friboi

Ministério da Saúde não recomenda polvos de crochê para bebês

''Eu sou a pedra no sapato do Bruno'', diz mãe de Eliza Samúdio

O ''jogo da baleia azul'' e a tragédia de Maria de Fátima