A cena de estupro de ''O Último Tango em Paris'' foi mesmo estupro

Aclamado pelos críticos de arte, o controverso filme ''O Último Tango em Paris'', de 1972, dirigido pelo italiano Bernardo Bertolucci é normalmente lembrado pela cena explícita e perturbadora de estupro.


Na sequência, Paul, personagem de Marlon Brando, com 48 anos na época, após, no início do longa, começar um relacionamento sexual com Jeanne, interpretada por Maria Schneider, utiliza um pedaço de manteiga para fazer sexo anal com ela sem consentimento.

Enquanto, Brando e Bertolucci receberam diversas indicações em importantes prêmios pelo trabalho, Schneider, na época com apenas 19 anos, ficou traumatizada pela experiência. Antes de morrer, em 2011, ela revelou ao Daily Mail: ''Eu era tão jovem e inexperiente e não entendia todo o conteúdo sexual do filme. Eu deveria ter chamado meu agente ou advogado para estar comigo no set porque você não pode forçar alguém a fazer algo que não está no roteiro, mas eu não sabia disso''.

Em uma entrevista chocante resgatada, de 2013, para o programa holandês ''College Tour'', o próprio diretor admite ter combinado com Brando filmar o estupro sem contar todos os detalhes para a atriz.

''A cena da manteiga foi uma ideia que eu tive com Marlon na manhã antes da filmagem. Eu fui, de certa forma, horrível com Maria porque não contei para ela o que ia acontecer. Queria a reação dela como mulher, não como atriz''.

''Eu queria ela humilhada. Acho que ela odiou muito a gente por não contarmos nada'', afirmou. De acordo com ele, apesar de ter se sentido muito culpado, não se arrependeu da decisão. ''Para conseguirmos algo, eu acredito que você precisa ser completamente livre. Eu não queria Maria encenando humilhação, raiva, eu queria ela sentindo isso… a raiva, a humilhação. Por isso, ela me odiou por toda a vida dela'', finaliza.

Infelizmente a atriz Schneider morreu antes de ver que o mundo ficaria indignado ao descobrir integralmente a realidade escondida em supostas cenas de ficção.


Precisa denunciar? A vítima (ou quem deseja reportar um abuso) deve ligar para o 180. A denúncia é encaminhada para os órgãos competentes, que irão averiguar o crime. Caso tenha condições, a pessoa deve ir imediatamente a uma delegacia de polícia mais próxima o possível ao local dos fatos. Os criminosos podem ser indiciados até 6 meses depois de que a vítima toma conhecimento de sua identidade.

Mais lidas da semana 🔥

Abacaxi deixado em exposição engana público e é confundido com obra de arte

Avó faz manta para neto mas detalhe 'indecente' chama atenção

Homem que agrediu a própria mãe idosa é preso após repercussão de vídeos

WhatsApp lança ótima atualização para quem ama enviar áudios

Prefeito de vilarejo italiano oferece € 2 mil para que pessoas se mudem para o local

Tom Cruise indomável: ator confirma sequência de 'Top Gun'

Guia prático do chá: o que você precisa saber sobre a bebida

Modelo é condenada por selfie que expõe idosa nua em vestiário

Pippa Middleton se casa e sobrinhos participam de cerimônia

Coreia do Norte diz estar pronta para ir à guerra se Trump quiser